21 de novembro de 2007

Fio de medo


Grilos.
Cachorros ladram e latem.
Motores e Rodas.
Passadas e conversas.
Meus ouvidos e sons .., ons , ons ons...
Meu estomâgo e a fome
E a desesperada agonia da espera.
Sinais , quaisqueres sinais geram alívios passageiros.
Meus ouvidos abrem e buscam erroneamente o que se deseja ouvir...
São falsos sinais.
Quero ouvir freios!
Quero ouvir freios!
Quero chaves não só para o que preciso mas também para o que desejo.
E quero cópias.
Quero guardá-las
Quero saber o que vem depois
C O R R E N D O !
Sabe quando se arrasta entrelaçado no seu coração um linha , um fio de medo?
Acho que me esforçando descrevo
Quero logo , quero cedo.

2 comentários:

dá pitaco