Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2009

25º

altamente secundário,
patifaria absoluta e um clichê que cansa demais
me sinto macaca velha com apenas 21(apenas?há pena)
cansada
pois cansa
casa
cama
casa de caso, casar
canso
descanso
deito
durmo
pois cansa
casa
cama
AMO

Uma perguntinha...

''Aonde foram os teletubbies?Aonde foram os teletubbies?''
(imagine a leitura da frase em voz alta com a entonação de um megafone, como de fato era)
Sabe quando algo insiste em grudar no teu cérebro? pois é , essa meleca ou melhor '' creme gostoso'' grudou bem na partezinha do cérebro responsável pelos pensamentos recorrentes, é como aquela música que te tortura por horas ou dias dentro da caxola...então isso também acontece comigo com frases e palavras.
Me respondam aí,pra aonde diabos foram os teletubbies porque putaquepariu.opa acho que respondi.
Sorte de hoje: Estude como se você fosse viver para sempre. Viva como se você fosse morrer amanhã


(leve impressão de já ter pensado nisso.)

Yeah, é do orkut, eu tenho e gosto, é melhor do quer ter um fake, um orkut fake,de fake basta las cositas de la vida. eu acredito também no virtual, no matrix, na terra média,nas amazonas e nos duendes.

Penso

Meu Deus do céu.
domingo pede reza.Não, seria mais deprimente...
O que é mais deprimente do que ver o Faustão usando aquelas camisetas que ele vai vestido de casa direto pro Projac?

24º

Era uma casa,dessas que as madeiras remendadas deixam toda a estrutura de pé,uma arquitetura absolutamente vernacular, vernacular do alto grau.No quintal um cachorro solto e na coleira esfolada,se via a vontade dele de ser livre,(falo daquela liberdade que vai além da desobediência).Havia também lama, dessas formadas pelo pisar de galinhas e sabe lá mais o que diabos... é diabos! porque Deus nessas horas não se vê,acho que Deus não está no que é feio( ou sim, ou talvez).Havia eu,que tinha medo de cachorro,mesmo havendo em mim, além do medo, a consciência de que ele não apresentava perigo algum( lhe faltavam forças e quem sabe dentes) mas ele esbanjava coragem no seu latido rouco e tímido.Antes de entrar bati palmas,a dona me olhou de '' cabo à rabo'' até focar a trena que eu segurava nas mãos e me recebeu, como todo morador desse tipo de casa nos recebe:no portão seguido de um ''fica à vontade e não repara a bagunça''.Mas eu realmente não tive o que re…

Meu eu/ele, imperativo.

Ele me pediu pra por em prática a matança de medos(ativar)
E correr atrás dos sonhos semanais, aqueles realizavéis
Ele comprou lápis de cores
Pediu que eu pisasse em chãos antes nunca pisados
Mudasse o ângulo das coisas que sempre olho
E procurar prazer e beleza onde não tem

23º

O que importa a ordem ou sentido, eu não me importo[se o sentido nasceu de mim] pouco me importa os segundos que precedem julgo dos terceiros.Dos segundos,meço um terço do perímetro de espaço que ocupam,aqueles que me olham.Surgiu de mim entranhas à dentro.Criação do espiríto a lei me ampara.Dos pincéis sujos,um trim na vida torna as coisas descartáveis,um trim um simples trim,mal sabia a diferença que ele faz, ele faz diferente o amo como ao concreto.O que seria de mim sem o esc,eu não seria a mesma,que suavidade.Um redomoinho cremoso ali,na sala, nele me projeto, perco horas até minhas costas doerem,o sangue qualhar,a dormência espalhar.O corpo de mudo,mudar.O sonho em pensamento se moldar,o traço em existência se tornar.

A carta

Primeiro se ache,se encontre, se sinta, vai-te a casa do caralho! e retorne com mudanças, sejam elas quais forem,se boas.Que seja pra melhor caso contrário por lá permaneça e mostre fotos que respondem o que tuas respostas omitem.Distorce esse braço! amarela! onde tu vê fraqueza eu vejo a tua libertação.Diz tudo e bate no peito que eu digo tudo batendo palmas e continuarei vendo os dois lados da moeda, sei que é à mim quem procuras quando há falta de argumento, deixe-as, tu precisa delas, deixe que falem mas também diga, esquece quem é teu pai, te orgulha da tua mãe! que mexe com cabelos,ela é quem sabe das coisas.Nas conversas antigas que tínhamos, ela te descrevia inteira,ela tem visão! arranque delas os olhos!que tu cresce,pois pra mim tu sempre será aquela criança clara usando galochas,criada pela vó na casinha de pau-a-pique no interior do centroeste do país,mimada demais, odeio isso, te muda!De inerte basta eu e tu sabe como é lendo, sabe como sou, só de ler essa carta que nem c…

22º

Um ciscador me sorri com os poucos dentes que lhe resta.No chão as poucas carambolas, aquelas que insistem em cair.Alguém acende a lâmpada da Lua e a luz reflete no verde e há fumaça.Fumaça que molda nuvens no céu da boca, boca de quem? de lobo ali,encostada no muro.Ao lado um cão late me deixando nervosa.Rasgo pedaços de papéis comidos por traças, traças trazem maus presságios, ou seria os papéis? eles estão vestidos de boas palavras, boas palavras... desconfie delas.O céu me olha,me engole e me traz a velha sensação infantil de voar, sensação? ou seria uma velha lembrança do real? enfim o céu me faz querer voar como eu voava na minha infância no caminho pra padaria.Na reunião do porão, aqui dentro, algo grita ao som abafado de um megafone,mas eu não consigo entender o que é dito.Sonho com todas as cores que o sonho tem e me visto da mesma agonia do cão ao lado,agora ele é quem fica nervoso(...)

[]

Enchi meu dia com as palavras de Paulo Mendes da Rocha
[ meu Crítico maior]
Curei meu tédio pintando na parede do quarto,nuvem que chove flores
[tulipas é claro]
Me livrei de males cantando músicas e gravando
[ passatempo oculto]
Jamais publicáveis pois perderei a alma
[ nasceram pra serem arquivadas]
Quando canto , choro
[ meu olho alaga mais não escorre lágrima]
Mas isso eu já disse uma vez
[repito só pra reforçar]

Três vivas ao rei!

Finalmente consegui logar essa joça!Não é possível acessar o Blogger.com. O salvamento e a publicação podem falhar. Tentando novamente...
Puts, deu pau solamente por aqui?Por um erro do blog a última postagem ficou pela metade,quase não durmo e hoje passei o dia bala!Nem vale continuar o lance que comecei com um tal de Filipe ao entrar num site de ''bate papo'' onde você conversa com ''strangers'', é diferente dos demais pois no Omeglenão é possível visualizar os contatos online e as pessoas não entram com ''apelidos'' você fala literalmente com estranhos é só dizer ''hi'' ou ''Hello stranger'' haha geralmente são gringos mas numa probabilidade incrível, ontem, eu disse '' hi'' para um brasileiro, foi muito engraçado.Ele perguntava do Acre,é claro,super curioso,o Acre é Marte ou a Terra dos Oompa lumpas pra maioria do povo sulista.O fato é que começamos a conversar sobre a pseudo-intelectua…
Então entrou-se num mundo sem fronteiras, entremeados em menções téoricas que objetivava a busca incessante por justificativas de atos, e essas teorias eram compreendidas e as vezes adicionadas,seguidas por um amém, num quase compasso... mas que de tempos em tempos tombavam-se , caiam por terra uma à uma das incontavéis e incontrolavéis vezes.Deve haver bíblia, deve haver um cálice sagrado ou santo graal!não toquem! que é de marfim!.Dentre tudo isso uma pergunta: aonde está toda aquela humanidade que fora tão falada?pois para julgar a maldade imprópria precisa-se vestir-se de santidade ou seria de um alto grau de atrocidade?
psicopatismo:defino; é a arte de não sentir nada deve ser isso que fazem e esquecem que também teem um cu(não tem acento) para se olhar,olhem pro próprio! como? de cócoras usando espelho.Francamente,ôh política.