Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2007
Daí renasço , por que morro de tempos em tempos.
Olhando pra trás , avalio ...
Mas *''não há ninguém que me convença que é melhor não olhar pra trás''
Faço , traço , risco...
Penso ! ''logo existo''.
Busco na calmaria da não-rotina o tal sossego , mas minha mente não para!
E que mente para? ... a minha já parou , congelou uma vez mas foi só uma vez.
Eu quero tudo ao contrário, quero ver tudo com as cores de Kandisky
Será que quero muito?


*Superguidis- 6 anos

Perspectiva

Apresento à vocês : Perspectiva cônica ! vão encarar ?
Minha coluna vertebral pede pinico!
mas é assim mesmo , então da planta baixa adotamos 6,5 de distância que será o observador o lado esquerdo está no angulo de 30º e o direito 60º abaixo a linha do horizonte onde a casa do desenho está a ''pontinha'' dela é a nossa verdadeira grandeza, e nos extremos temos dois pontos de fuga ... um de cada lado .Nem vou dizer como a casa acaba sendo erguida , podia explicar mas vocês não iriam entender =/ através de palavrinhas... seria um aluguel ... mas só sei que é tão bom ver o resultado final , depois disso ai , passarei essa fachada pro papel vegetal e à mão-livre cobrirei com naquim ai ficará um luxo! quero logo essa parte , por mim é a mais esperada.



Eu quero peace= férias.
^.~V
Olha o que eu trouxe pra enfeitar , fiz hoje enquanto estudava =)


...na verdade não penso amanheço e adormeço
em constante oscilação em busca da firmeza
onde fica esse caminho reto?
que me levará pro alto ...
que me leva a aa ARÁ ...(2x)
Canta ai GRITA! AHHHHHHHHH!
(Anoiteço- O quarto das cinzas)



Tem uma que to viciada ( viciãããã aãn te e ) é a Beloved - Vanguart , acho que ouvi umas 20 vezes seguidas *-)

\_o_/

A combinação de cores mais perfeita que existe.
Só klimt mesmo.
E esse abraço tããõ doce...
A imagem fala por si.

Gustav Klimt - O cumprimento.
Adoro! S2
*.*

Cada parte num lugar.

Meus olhos ? Estão lendo sozinhos
Não estou com eles.
Meus ouvidos? estão lá fora ! com o cantar dos galos.
Minha cabeça ? cadê ela?
Minhas mãos ? aqui no papel ...
Agora ouvindo a voz de dentro , dizendo tudo o que to escrevendo agora
e o contato da grafite com o papel branco , sabe o barulhinho que faz ?
Ahhh é som da noite!
Que gostoso e aliviante...
Ou agoniante...
Desesperador...
A espera pela manhã é torturante , quando sabe-se pra onde se vai ao raiar do dia...
Vem logo sol , não ! não vem não quero ir!
Cada segundo é uma eternidade , e cada minuto é um segundo.
Acordei!
Saco
xixi , banho , roupa , café ---> HELL!
Gente chata!
...



ahhhhh!!

Ahhhhhhh..
Virando a cabeça ..
Tipo '' ah conta outra '' , sabe ?
Digo isso a ela.
Espero.
Sento.
Deito.
Levanto e vejo.
Espero ... e tudo de novo.
Dá vontade de mandar ela se ferrar !
Quem ?
A minha v i d a
Eu não acredito nas suas coisas..
'' ah a vida tem dessas coisas ''
( rindo)
...
( gargalhando)

Fio de medo

Grilos.
Cachorros ladram e latem.
Motores e Rodas.
Passadas e conversas.
Meus ouvidos e sons .., ons , ons ons...
Meu estomâgo e a fome
E a desesperada agonia da espera.
Sinais , quaisqueres sinais geram alívios passageiros.
Meus ouvidos abrem e buscam erroneamente o que se deseja ouvir...
São falsos sinais.
Quero ouvir freios!
Quero ouvir freios!
Quero chaves não só para o que preciso mas também para o que desejo.
E quero cópias.
Quero guardá-las
Quero saber o que vem depois
C O R R E N D O !
Sabe quando se arrasta entrelaçado no seu coração um linha , um fio de medo?
Acho que me esforçando descrevo
Quero logo , quero cedo.

Mal danado.

05/11

Existe um nó.
Um nó bem atado , dentro de mim , no meu centro.
Ele não dissolve , ele só se fortalece.
Ele faz mal , me faz desesperadamente mal.
Quero arrancá-lo tentando desfazê-lo com lágrimas expelidas.
Mas aí me engano é assim que ele aos poucos se torna enrijecido como uma pedra.
Meu corpo responde fazendo exatamente o contrário.
Ele pesa , pesa , pesa!!
Droga não quero mais carregá-lo !
Esquece !
Esquece o peso , esquece tudo e continue vivendo sem se preocupar com a presença dele , finge.

Meu cérebro

27/01/2007

Criando situações imaginárias.
No querer esquecer e dormi.
No querer que fosse.
Sem querer.
Pensa, pensa ,pensa , cria, cria, cria ,criando...
Chora ? Chorando.
Com o ''ter pena'' de si.
Falta... falta de algo que não tive , nunca tive ...
Querendo ter e não ter.
Não tendo.
Na antítese.
No fingir do não ser.
Complicação.
Nas confusões ...''TENHO REUNIÕES SECRETAS NO PORÃO DO MEU CÉREBRO''

Esse é veinho .. mas ás vezes ainda faz sentido.

Eu por mim mesma.

Eu tenho gosto pela essência
É nela que constato a verdade ...
Isso é o que funila meus julgamentos
Fora isso não me atento , para mim é tudo superficialidade
Incrédula , talvez por somente acreditar no que sinto e não no que vejo
Num tom contraditório digo agora , sentindo ela também no que observo
Me mostre sua essência
Faça-me percebê-la
E te direi com absoluta certeza
Em ti vejo verdade.




Amanita muscaria

Opa.

Me entreguei por livre e espontânea pressão , escrevia no blog do myspace mas não são todos os garotinhos e garotinhas que possuem conta aí não podem comentar =T então ..esse post intróito será com a imagem de um Amanita Muscaria que deu nome a este blog.

A imagem aí em cima. hahahah sério?

entrem : www.myspace.com/lits_rocker do ladinho no blog , tem coisinhas escritas depois vou encaminhá-las para cá.