17 de dezembro de 2007

Passaporte

Aí depois de tudo eu acordo engolindo seco
Ao mesmo tempo que forço a garganta , forço também a mente ao tentar lembrar do que
pensava antes de abrir os olhos...
Já não tem acontecido tanto , tornou-se infreqüente.
Coisa simples quanto mais simples mais complicadas.
Só tem flashes,flashes!
O cérebro se retorce ... espreme Uh!
Flashes e rostos de gente que eu nunca vi na vida, quem são essas pessoas ?
Coisa estranha... é gente , sorrisos , vozes ... elas são tão amigas ...
Acredito, acho que vamos mesmo pra um mundo paralelo , o mundo onde se
encontram todos que passam pela mesmo situação , essa que já fora explicada
mas que continua intrigante pelo ao menos pra mim
essa
que chamamos de sonho.






Um comentário:

dá pitaco