15 de março de 2008

Lina Bo Bardi

Era italiana e além de comunista heheh foi arquiteta, designer, cenógrafa, editora, ilustradora. Adotou o Brasil como seu país e projetou o MASP , a Casa de Vidro onde ela morou e onde morreu , projetou uma cadeira dobrável de madeira e couro para o auditório do MASP , considerada "a primeira cadeira moderna do Brasil" , além de outros projetos que se concentram mais em São Paulo mas tendo na Bahia e em Minas também.
Não conhecia a história de Lina mas ... ela ganhou ponto comigo pelos seus feitos , e também por ser amiga do Bruno Zevi ( crítico de arquitetura que pago pau demais) os dois escreviam pra uma revista de arte '' A- cultura della vita '' . Ela era linda ,queria que ela fosse minha tia .
Aiiiiiiiiiiiiiii ela era da Itália ainda visito e quero um diploma de qualquer coisa da Acadêmia de Belas Artes hehhe sonhar é bom.
Lina era casada com
Pietro Maria Bardi , que apesar de ter feito parte do partido facista heheh, foi museólogo, crítico e historiador da arte, jornalista, marchand, colecionador e professor esse povo de antigamente fez de tudo durante a vida, o cara que com suas obras compradas pela europa e suas coleções formou a pinacoteca do MASP.
Hoje podemos saber um pouco mais do trabalho dela e de Pietro também no lugar que antes era a casa deles hoje o
Instituto Lina Bo e P. M. Bardi nesse site ou quando visitarem São Paulo.Eu ainda vou lá.

=)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

dá pitaco