30 de março de 2008

Pra que?pergunto-me.
Não adiantaria nada.Horas se passam , lembranças são resgatadas ainda não em sépia mas sim em vibrantes cores embora já oscilem entre uma e outra , é verdade.Desvia-se com um giro de 180º quem dera 210º o que os olhos se negam a ver, na tentativa frustrante de não doer e vem trazendo um miasma que toma fim momentâneo depois de muito me ultrapassar por que eu me ultrapasso a cada dia sem me medir.Depois acho que nada me fiz, não custou dor , até eu ser novamente atacada por elas.Elas vêm junto à um turbilhão rubro me enchendo drásticamente por dentro e tem força ele tá novo distante , fresco secando e ativo silenciando com isso o tempo não tá sendo ''bondoso'' é sacana , brincante
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

dá pitaco