20 de dezembro de 2008

Não gosto do gosto gelado

Mil passos pra frente eis que a vida segue.Estar errado é estar certo dentro de si e não vale de nada essa consciência.Calada tenho um passo firme acompanhado pela certeza.O silêncio separa e a pronúncia me destroe.Me visto de mentiras absolutas,te vestes com verdades duvidosas pra festa à fantasia, a vida, ou te tranca no quarto, então...não vive só respira o mesmo ar.É burro quem quer erguer a vida no caminho dos acertos,assim só há erro.Paradoxal.No meu silêncio tenho paz, naqueles céus eu via guerra fechando os olhos.Faço o silêncio ,faço amor e o ódio que não sei sentir.Em paz.Pela razão silencio.Faço silêncio,xiiii...beija meu olho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

dá pitaco