2 de dezembro de 2008

Se tu podes olhar , vê.Se podes ver, repara

O nome dele é Arnaldo, um figura que conheci no ateliê da Usina , muito talentoso e humilde ele sempre sorri.Num dia desses numa dessas conversas descobri que o Arnaldo além de artista plástico, era padeiro, e notei pelo apelidos que os colegas davam pra ele dentro de sala que ele também era poeta.

- Arnaldo aquele bolo de banana, meu deus bom demais..! eu não sabia que tu também cozinhava
Pois é... é que eu já fui padeiro.. trabalhei numa padaria lá no centro
- Ahhh tá explicado, que legal!
É mais eu saí de lá...
- Arnaldo te chamam de poeta tu escreve mesmo é?
Eu tenho algumas poesias num caderno velho mas nunca mostrei...
-Arnaldo tu é padeiro,pintor e poeta já percebeu isso? 3P , P³ (Risos)
- (Risos) olha thalyta eu nunca reparei... legal isso ó vou assinar assim agora minhas telas ''P³''.
-(Risos)
Mas agora eu sou letrista...
-Letrista como assim?
Faço aquelas placas de propaganda de preços ... sabe? no Araújo
- AAhhh siiiim sei, legal! tu se mete em tudo né, eu também sou assim..
Pois é sempre fui assim, acho que é uma coisa natural pra quem gosta de arte... quer aprender, se envolver em tudo...
( encerra cena) rsrs...

Hoje fui fazer compras com a minha mãe no supermercado e pela primeira vez parei pra reparar rsrs... aquelas plaquinhas que ficam nas frutas, na parede em cima do açougue, nas placas de ofertas enfim... '' meu deus quem faz isso é o Arnaldo''
Logo em seguida chorei vendo minha mãe escolhendo maças

Nenhum comentário:

Postar um comentário

dá pitaco