17 de março de 2010

35º


Na última longneck da noite pus água e fiz um jarro com uma flor do canteiro central,de cor laranja, deixei em cima da tua estante.Meus brincos no teu quarto, fingem presença.
x- Vou levar...
y- Não, deixa aí...
Tomamos Heineken e comemos biscoitos de povilho no carro, as tampinhas lá permanecem,são as que você colocará na tua porta.Um fim de semana que passa lento e muito rápido a semana que gira e cá estamos nós, deitados no gelado, embrulhados na coberta azul.Tuas perguntas que duvidam de mim,teu medo do meu não estar vezes me ofendem,vezes me confortam, eu entendo.Meu eu oculto falou que sou assim também e você ainda me deve um balão amarelo e uma bola lilás.Eu não esqueci.Coleciono promessas.

4 comentários:

  1. lindo, doce, terno e meigo.
    (obrigado pela visita...e conheça meu blog de fots, http://iilogicaalusao.blogspot.com/)

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Gostei do texto. Gostei do seu blog.
    Voltarei mais vezes! Vou segui-la!
    ;)

    ResponderExcluir

dá pitaco