23 de abril de 2010

desconceito.

Tem saudades de Deus, mundo, Raimundo e Raimundas, escreve errado em linhas certas por nascença, tem a mentiras absolutas na ponta da língua,odeia o amor,ama o ódio e vice-versa, cosmopolita vaga pelas estrelas, nada no nada, quer ser nobreza mas não tem trono, nem coroa e bastão, não tem par mas tem ímpar, ímpares sendo assim nada tem.

4 comentários:

  1. E eu por vezes tenho saudades do poeta e sua ranhura que diz aquilo que nem sempre a gente sabe dizer, sentir, viver. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Como devíamos desconceituar, reconceiturar,entreconceituar...muito bom! Abraços

    ResponderExcluir
  3. ô... adorei o jogo de palavras...

    Gleuber Militani
    Projeto Reticere

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Meu nome é Ariany e eu represento o Blog Vestibular da FECAP. Gostaria de convidá-lo (a) a conhecer e opinar num ambiente repleto de informações sobre educação: http://fecapblogvestibular.blogspot.com/

    Conto com a sua visita!
    Até mais!

    ResponderExcluir

dá pitaco