7 de agosto de 2013

( Recomendo ler sem interpretação extremista)
Há momentos certos para o uso da razão. O ser que em um momento é tomado por sensações passionais deve vivenciá-la até que se sinta preparado para racionalizar, isso acontecerá de maneira natural não há necessidade de ser imposta e/ou adiantada por terceiros. Cada um tem seu tempo, não é o que dizem?  Então eu digo Há casos de se respeitar a raiva alheia, ela é sagrada.

Um comentário:

dá pitaco