Pular para o conteúdo principal

11º

o dia que me vi só,foi o dia que todos os convites recusei.o dia que me vi só,foi o dia que bloqueei qualquer olhar de 2º's ou 3º's.o dia que me vi só, foi o dia que eu quis ficar comigo.eu podia ouvir algo no meu peito bater compassado,ouvir o barulho do ar respirado.o dia que me vi só ,foi o dia que voltei ao passado dos dias que eternamente serão lembrados.o dia que me vi só, foi o dia que olhei na prateleira e desejei mais livros,o dia que fiquei na vontade de saciar a fome dos olhos com palavras que se encaixassem com o espírito.estado de espírito.o dia que me vi só,foi o dia que me tive em silêncio, evitando pensamento,apagando minhas imagens.o dia que me vi só foi o dia que eu quis fugir,não a fuga de antes.foi o dia que não tive nenhum querer,o que parei,o que nem sei.o dia que me vi só foi o dia que cedo lembrei do que notitle, o fato, aquele fato ,que foi repetido,refalado,refeito,reescrito,remoldado.o dia que constatei que alimentei uma farsa por noventa dias...um ano. dúvida. e essa mentira, o fato, foi repetido suave em outros ouvidos, bocas , almas, corpos.o dia em que o sentimento de perda conforta.o dia que minha visão olhou reta.sou silenciosa confusão.o dia que me vi só e gosto,sempre opto por recusar,eu recuso.esse foi o dia em que recusei convites.respeito-me,cumprindo compromisso com meu futuro.conforto-me,tendo um presente por hora, agora, seguro.

Comentários

  1. Todos os dias eu desejo olhar mais pra mim, ter mais livros pra ler, mais fotos pra lembrar, mais cds pra ouvir, menos internet e televisão pra me alienar, mais quarto pra me trancar, mais tempo pra ficar dentro dele e mais privacidade pra não ouvir:
    _ O que aconteceu? Fala pra mim.
    _ Nada, só quero ficar quieta.
    _ Mas se você quer ficar quieta, algo aconteceu. O que foi?
    Algumas pessoas não aceitam a verdade das outras, esperam ouvir só o que acham que é o certo.

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto quando o sentimento de perda conforta. Acontece quando alguma coisa que não é boa, mas nos domina, finalmente se vai. E também gosto de me ver só. Adoro teu blog

    ResponderExcluir
  3. ''...o dia que me vi só foi o dia que eu quis fugir,não a fuga de antes.foi o dia que não tive nenhum querer,o que parei,o que nem sei...''

    Essa parte atualmente me cai como uma luva!


    rs


    bjosss

    ResponderExcluir
  4. O dia que eu me sentir assim.. eu estava na praça, só pela primeira vez, caminhando e comendo a minha pipoca, mas no fundo eu não estava só.. estava com meus pensamentos.. é bom as vezes ficar assim.. e serei assim quase sempre, daqui pra frente.

    "o dia que olhei na prateleira e desejei mais livros"
    Lembra aquele dia, eu ti falando, de livros que me faltavam?

    bjus Taly =*

    ResponderExcluir
  5. o dia que me vi só, foi o dia em que cheguei em casa às 9 e não havia sequer o barulho de uma televisão ligada. estar só é como estar livre. mas me traz solidão.

    ResponderExcluir
  6. É estranho pensar no "Só". A solidão nos priva de tudo e de todos, só não dela. Quando estamos só, estamos acompanhados da solidão, não sendo assim tão só.

    Maravilhoso Post Thalyta...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

dá pitaco

Postagens mais visitadas deste blog

Da Arquitetura e suas formas -Memorial descritivo do Terminal Rodoviário.

A Rodoviária que idealizei apresenta elementos que vão além da sua principal função que é locomoção interestadual. Apresentando dois pavimentos ela conta com serviços voltados ao cidadão, caixas eletrônicos, correios, posto de vacinação, salão cultural e uma ampla área destinada à alimentação, todos esses serviços levam cultura e lazer para os moradores do bairro servindo como uma opção de entretenimento daquela região. Para os que os futuros passageiros ou recém chegados a rodoviária apresenta estrutura que atende-os confortavelmente, contando com balcão de informação, saguão de espera amplo com vista para as saídas e chegadas de ônibus tanto no térreo quanto no pavimento superior.Para aqueles que ainda estão em viagem o edifício oferece, sala de espera e banheiros com a estrutura necessária para que o usuário usufrua-o da melhor maneira. Os funcionários trabalharão em espaços bem pensados e dimensionados de acordo com as suas rotinas de trabalho, funcionários da limpeza terão sala p…

Relato sobre a viagem de férias para a Venezuela - Isla Margarita/ Valência ( Tucacas e Chichiriviche)

Como havia dito resolvi fazer um relato descrevendo a minha experiência na ilha, pois sei que ajuda muito quando queremos fazer uma viagem, principalmente para outro país, e você encontra alguém que já foi pra te tirar dúvidas e dar dicas. É claro que tudo que eu vou dizer será baseado na forma que fui, quem contratei etc, cada terá uma experiência diferente. Neste relato separarei os temas por tópicos, desta forma você só ler o que lhe interessar ;)
Documentos necessários RG –  você precisara dele para tirar sua “permiso”, uma ficha com seus dados, carimbada na fronteira pela Instituição Venezuelana chamada SAIME. Passaporte não é necessário pois a Venezuela é um país integrante do MERCOSUL, leve ele somente se você estiver sem RG, ou se seu RG tiver com a data de emissão vencida( ter mais de 10 anos)
O permiso será um documento que você apresentará em vários lugares ( barreiras rodoviárias, hotéis, na entrada de alguns parques etc) portanto cuidado para não perder, caso isso aconteça, …
As unhas afiadas reverberam no crânio, e elas, finas e precisas trazem êxtase e sono.
Durmo, ainda que de olhos abertos, desconectada do agora, no arrepio dos pelos, um bocejo e uma lágrima.