26 de julho de 2009

31º

Esse barulho tic-tac faz doer minha a-mí-da-la, a cada batida compassada, ensaiada e transmitida pela energia de seus ponteiros...é um som singelo eu sei, mas tem um poder de me desequilibrar é como se caixas e mais caixas de sons de 1000wtts estivessem camufladas no meu quarto lilás, e como se ele ali estivesse pra me lembrar do tédio que me engole aos domingos, é normal eu sei... mas há dias ele não me infernizava, ele o domingo.Tu esqueceu tua bíblia comigo,eu não tenho saco pra ler isso, é escroto de dizer, é escrotal mas é um saco escrotal ler isso( cala boca pensamento, meus dedos não são surdos), depois de tanto e tudo ou nada decido:amanhã enterrarei relógios e de quebra, enterrarei também, ca-len-dá-rios.Eu nego o tempo, recuso.

4 comentários:

  1. Dê tempo ao tempo, talvez ele seja mesmo o dono da razão.

    ResponderExcluir
  2. Thalyta França,




    Tens o cérebro eloquente. E escutas bem... (outros também os têm, mas não prestam tanta atenção...)






    Beijos,








    Marcelo.

    ResponderExcluir

dá pitaco